Loja de escoteiro perto de mim

Em uma montanha bem perto do céu, se encontra uma lagoa azul e só a conhecem aqueles que têm a dita de estar em meu clã. Laiá lalaiá lalaiá lalaiá – Laiá lalaiá lalaiá laiá laiá A sede de riscos que nunca se acaba, as rochas que há a escalar, o rio tranqüilo que canta e que chora, jamais poderei olvidar. 22/fev/2018 - Explore a pasta 'Cartões de agradecimento' de Maurilia Silva no Pinterest. Veja mais ideias sobre Cartões de agradecimento, Mensagem de agradecimento aniversario, Agradecimento de aniversario. Encontre Comércio de Produtos e Serviços perto de Pau dos Ferros, RN. Veja dicas, avaliações, mapas, telefone, endereço e descontos Alicate de jardinagem na Joom Store. Comprar Alicate de jardinagem com os melhores preços na loja virtual JOOM, com entrega rápida. No nosso catálogo, temos 100000 melhores produtos com fotos, descrição e avaliações. Aqui você pode comprar Alicate de jardinagem a partir de 5R$ Descontos de Alicate de jardinagem Quem é um pouco mais velho experiente no Movimento Escoteiro (como eu), deve se lembrar das antigas etapas de 1ª e 2ª Classes. Lembro-me que formavam excelentes escoteiros, com bastante conhecimento em acampamentos, nós, pioneirias, jornadas e tudo mais que um escoteiro tem que saber no campo e na sede. Mas o Movimento Escoteiro estava… Veja as avaliações, o telefone e o endereço de GRUPO ESCOTEIRO TIRADENTES 45 SP especializado em Empresas Variadas (Comércio de Produtos e Serviços), localizado no endereço R Moysés Leme da Silva - Jardim América, Bauru, SP. Estima-se que, atualmente, são mais de 30 milhões de escoteiros em todo o mundo, sendo mais de 80 mil somente no Brasil. A Faculdade Avantis apoia esse movimento, através do Grupo Escoteiro Suçuarana, que tem como sua sede a instituição, onde mais de 100 crianças e adolescentes se reúnem todos os sábados. um escoteiro ao contrário. “Cada dia você parece que tem de praticar a sua má ação — contra a língua.” Mas acho que isso é exagero. Como também é exagero saber o que quer dizer escardinchar. Já estou mais perto dos cinquenta que dos quarenta; vivo de meu trabalho quase sempre honrado, gozo de boa saúde e estou até gordo Quem é do mar não tem medo! Essa foi a frase que RICHARDSON MURTA, Assistente de Sessão do Ramo Escoteiro no 11º GEMar Ilha de Vitória, postou em sua página no acebook, ao compartilhar algumas das mais de 600 fotos que tirou durante o 11º Ajuri Nacional dos Escoteiros do Mar, ocorrido de 21 a 24/1/2016.. A sede do 11º Ajuri do Mar foi o Colégio Estadual Moysés Lupion, uma escola de ... Eu estou muito orgulhosa de mim mesma, tanto por ganhar o concurso quanto por ter representado a mim, minha família, meu colégio, meus amigos, e, principalmente, meu Grupo Escoteiro 11 Grupo Escoteiro do Mar Ilha de Vitória. É uma honra. Não tenho palavras para descrever o sentimento, só que foi maravilhoso!

Sexta-feira 13 : Back in white

2019.05.11 00:10 RYANIILDO Sexta-feira 13 : Back in white

Hum,hum...essa história foi 100% escrita por mim, e é a primeira vez que eu faço um post aqui na comunidade então... Olá!, O Jason é um dos meus personagens favoritos de filmes de terror, mais sinceramente faz tempo que não vejo uma boa história sobre ele, então eu fiz a minha própria história...e acredito que está bem ruimzinha, mas talvez você goste, ( e ainda não tá pronta...que bosta)
Perguntou um policial ao seu amigo, no centro de uma cidade chamada Cristal Woods, era relativamente pequena, e desconhecida, exceto por ser a cidade mais próxima do famoso Lago Cristal Lake, onde décadas atrás ouve uma série de assassinatos, cometidos pela lenda, Jason Voorhees, mas com o tempo e com a suposta morte de Jason toda essa história havia se perdido em meio, a tantas outras atrocidades.
Donny, acabou se distraindo porque tava ouvindo música no headphone.
Donny exclamou, tirando os fones.
Donny se disencostou da viatura de polícia, pra ver mais de perto a vidraça da loja de roupas.
Então da casa ao lado da loja, saiu um velhinho Com uma calça jeans dobrada entre as mãos.
Andou tremendo na direção dos dois, e chad sorrindo pegou a calça.
Interrompeu Donny, que claramente não tava com saco pra ouvir a história do velho, e Chad agarrou nos ombros do Donny com força e disse:
O velho Kelvin riu enquanto colocou as mãos no bolso.
Chad interrompeu tampando a boca de Donny.
Então Donny entrou na viatura, e logo Chad abriu a porta, e enquanto entrava dizia adeus ao velho Kelvin.
Ato I
Assim Donny da um suspiro de alívio, que obviamente incomoda o Chad.
Donny estava prestes a ligar os fones denovo mais preferiu dar atenção ao Chad desta vez.
Chad percebeu, que dar um sermão pro Donny seria apenas perda de tempo e saliva, era inverno , as ruas estavam cheias de Neve e a cidade já estava começando as decorações pro Natal, que seria daqui a quase um mês, e também o aniversário da filha do Chad de 6 anos, era ruiva com olhos verdes claro, um doce de criança e muito divertida, Donny não tinha planos pro Natal, muito provavelmente ele iria ficar o feriado inteiro jogando videogame, ele não ia passar o natal com os pais Devido a algumas desavenças na família.
A semana estava indo bem, nada acontecia na cidade, como sempre, então eles foram trabalhar faltando um dia pro Natal.
Eram mais ou menos umas cinco horas da tarde, Donny e Chad estavam dentro da viatura sem fazer nada apenas observando a Neve cair, bem menos o Donny que estava ouvindo música no seu fone de ouvido ( happy toghether - turtles), enquanto cantava bem baixinho com a música, o dia tava um porre como sempre então, eles ouvem uma chamada do Vic, que era o sheriff da cidade, apesar de ser o sheriff ele não levantava aquela bunda gorda dele, da cadeira de jeito nenhum.
-Vic, Bem a dona Leonor avisou que ouviu gritos na casa ao lado da dela, talvez possa estar avendo uma briga é bom você checar -
Chad, pisa fundo no acelerador e vai em direção a casa da dona Leonor pra investigar, o que demora menos de 5 minutos, e rapidamente ele e Donny descem na casa do ocorrido, logo eles vão adrentando na casa que aparentemente era bem velha, lá dentro tinha cheiro de merda, era tudo bagunçado e sujo, eles iam bem devagar e conseguiam ouvir o barulho de um grito abafado, então revisando a asa juntos eles vêm calmamente um quarto de onde poderia estar vindo os gritos, logo eles abrem a porta e vem um homem de preto tentando enforcar com uma corda, um outro rapaz de óculos e cabelos longos.
Gritou o cara que usava roupa preta, soltando o de óculos, Antes que Chad e o Donny pudéssem dizer, ou fazer alguma coisa, o cara de preto pulou a janela que ficava no lado dele, e correu pra frente da casa.
Gritou Chad correndo o mais rápido possível, pra sair daquele "lixão"
Donny questionou andando de ré do quarto.
Portanto Donny acompanhou Chad até o lado de fora, e o cara de preto pegou um ,carro velho e cinza, e sem placa, e rapidamente ligou e saiu correndo.
Então os dois entraram no carro, e sem perder tempo Chad ligou o carro, pisou na embreagem, moveu pra terceira marcha, e pisou fundo no acelerador, com o suspeito já quase sumindo na esquina a direita, por sorte havia pouco movimento na cidade, mesmo que fosse Natal a maioria da população era repleto de idosos que só queriam descansar, principalmente naquela época do ano, o barulho da sirene se espalhava por todos os lados, e todo mundo na rua ficava observando a perseguição, e ficavam facilmente impressionados com a situação.
falava Donny enquanto mexia no celular.
Chad irritado pegou o celular de Donny, e jogou pela janela.
Enquanto eles discutiam o carro do suspeito começou a diminuir a velocidade, ele era muito velho e com toda a pressão que tava levando ele não aguento, e distraídos eles não perceberam que ele ficou pra trás, bem, Chad alguns segundos depois notou, e rapidamente freiou a viatura no canto da estrada.
Chad pegou a espingarda que ficava no lado de sua cadeira e saiu da viatura empunhando a arma ja Mirando no carro do suspeito, Donny bufando decidiu levar o revólver 44., E foi bastante desanimado.
Ao chegar no carro cinza, eles perceberam que aqueles pequenos segundos foram o suficiente pra que suspeito fugisse, porém como tudo estava coberto de Neve, ficou evidente o Rastro que ele deixou.
Donny sem Questionar nem dizer nada apenas foi atrás dos rastros.
Os dois foram adentrando mais e mais na floresta até que os sol estava começando a se pôr e as pegadas estava começando a se apagar, Chad estava preucupado em chegar tarde demais, porque ele Sabia que Juliet (sua filha) não gostava quando ele demorava muito no trabalho, e Donny não tava mais aguentando aquilo, ele parou um pouco e alongou as costas.
Era uma proposta tentadora mais logo faria com que os seus esforços não fossem levado em conta, como era véspera de Natal vários dos policiais da Cidade estavam com a família, porém a cidade não podia ficar sem polícia pela semana inteira, só porque é uma cidade pequena, não quer dizer que não existe crime, então Donny aceitou já que pra ele, ficar com a família não era uma opção, e Chad também porque ama verdadeiramente o seu trabalho, e acredita que poderia deixar a família de outro polícial feliz, mesmo que ele sacrifique o tempo com a própria família.
Logo eles continuaram e o rastro levou a um lago congelado que deixava mais complicado seguir os rastros, porém, dava pra perceber o suspeito que aparentemente havia quebrado o gelo e tomado um mergulho nem um pouco acolhedor, e isso ficava claro porque eles estva acolhido no lado do buraco, mais assim que eles dois chegaram perto ele começou a andar, todo desengonçado e morrendo de frio, e Donny e Chad correram pelo gelo como se estivessem andando por cima de ovos pra evitar de acontecer a mesma coisa que o infeliz, porém alem dele evidenciar o frio, ele parecia estar com medo de alguma coisa além de um rasgado no braço que provavelmente se cortou com o gelo ou com um galho. Ele saiu do lago e foi subindo um barrando logo atrás Donny e Chad.
Assim que subiram o barranco viram uma sequência de cabanas, como se fosse um acampamento, mais eles não ingrenaram a situação, porque eles tinham um objetivo de pegar o sujeito de preto, que foi avistado entrando em uma das cabanas que Quase não abriu, assim que ele abriu, caiu no chão e mesmo que tentasse se esforçar todo aquele frio e desespero o impediam de criar forças pra se levantar, logo ficou no chão, e não demorou muito pra que a dupla de polícias conseguissem o alcançar, e já chegando lá Chad se jogou em cima do suspeito, que parecia que iria morrer congelado ali mesmo.
Falou Chad enquanto o Algemava, e o ladrão tremendo e molhado começou a suplicar:
Os dois ficaram pensando em o que fazer com o sujeito, não podiam levar ele pro carro já que ficava muito longe dali, e ja teria anoitecido e ele já teria morrido, o que fazer naquela situação, eles não podiam simplesmente deixar ele pra morrer, então do lado de fora eles começam a ouvir passos pesados.
Exclamou Chad que foi o primeiro a perceber uma presença do lado da cabana, poderia ser apenas estalos daquela madeira velha e mofada, mas claramente não era, então o suspeito começou a ficar mais agitado.
Ouvindo os gritos do meliante, Donny por preucaussão apontou a .44, pra porta enquanto os passos ficavam mais próximos, então um enorme homem apareceu, virado pro lado direito da porta.
Logo o Homem enorme, lentamente virou a cabeça, e o resto de luz que havia naquele dia iluminava uma parte do seu rosto e percebia que ele estava usando uma mascara de hockey, que estava em claramente péssimas Qualidades e totalmente rachada, e de um tom amarelado fraco, seus olhos ficavam invisíveis pela escuridão, Donny assim que percebera a máscara e toda aquela presença do Homem sentiu um frio, no estômago, não só pela aparência mais pelo modo em que moverá a cabeça, como se fosse meio robótico, toda aquela situação só o fazia visualizar um futuro nem um pouco otimista daquela situação, Chad tirou a atenção do prisioneiro,e assim que notou a figura, e lembrou daquela máscara, e sabiá de quem aquela máscara, pertencia e que nome ela remetia a todos que um dia ouvirá falar de Cristal Lake, Jason Voorhees.
submitted by RYANIILDO to EscritoresBrasil [link] [comments]


Canções Escoteiras do Grupo Escoteiro Jabuti 108SP 108SP ...